quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Ribeirão transborda e isola a RO 387 no sentido ao Pacarana






IMG-20170215-WA0034-horz 


















As chuvas dos últimos dias continuam causando transtornos no interior.
A ponte de madeira de 68 metros de extensão na RO387 sentido ao Pacarana amanheceu coberta pelas águas do Ribeirão que transbordou alagando uma grande extensão da estrada. Segundo as primeiras informações o nível das águas subiu de maneira perigosa e alagou mais de 500 metros entre as duas cabeceiras da ponte. O trafego na região ficou interrompido, visto que essa é a única passagem de acesso ao Pacarana e ao Estado do Mato Grosso.
Alguns moradores afirmaram que a ponte na estrada do JK também esta submersa, isolando toda a região Noroeste do município. A ponte de madeira sobre o Ribeirão na RO387 (Estrada do Pacarana) que tem a solicitação da classe política do município para a sua construção em concreto já vinha apresentando vários problemas estruturais pelo seu tempo de uso.

IMG_5979 
Com a situação registrada nesta terça feira, certamente os problemas estruturais irão se agravar ainda mais, colocando em risco o trafego de veículos daqui por diante. A estrada que é a principal ligação de Espigão do Oeste com os municípios do Noroeste do Mato Grosso fica comprometida, deixando a opção de trajeto pelo município de Rondolandia, distante a mais de 80 km do Pacarana. Moradores aguardam a água baixar para uma avaliação da ponte e em seguida entrar em contato com a residência do DER/Cacoal e solicitar as providencias cabíveis ao problema uma vez que a RO 387 é de responsabilidade do estado.


Fonte: Luizinho Carvalho/Sociólogo
Fotos: Landinho

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Vereador Joveci confirma normalização no atendimento a saúde do Pacarana



img_20170109_093638140Vereador Joveci se reuniu com à secretária Jucilane que confirmou as mudanças no distrito.
Na manhã desta segunda feira (09), o vereador Joveci do Pacarana (PSDB) esteve reunido com a secretária municipal de saúde, Jucilaine Bordinhão. A visita do vereador teve como objetivo levar o apoio da Câmara Legislativa a secretária Jucilaine que assumiu uma das pastas mais importante da administração.
Durante o encontro no gabinete da secretária, Joveci aproveitou para agradecer o envio da ambulância para dar cobertura à ocorrência medica no distrito.
Segundo o vereador que tomou posse no dia 01 de janeiro, a ida da antiga ambulância para atender a demanda do Pacarana e as comunidades vizinhas é de vital importância devido a distancia da sede do município. “Mesmo não sendo a ambulância nova adquirida para atender o Pacarana que ainda não foi entregue devido à burocracia de documentos, a presença de um veiculo de resgate na comunidade já traz certa tranquilidade aos moradores”. Afirmou Joveci.
img_20170109_093616211
Outra questão discutida pelo vereado junto à secretária de saúde foi à questão da escala de atendimento no postinho. Segundo o Joveci como a enfermeira Ivone Prochnow se encontra de férias, o atendimento estava um tanto complicado. Em resposta as preocupações do vereador,  a secretária Jucilaine citou que foi elaborada uma escala especial para que o posto de saúde do Pacarana não ficasse descoberto, sem o atendimento de emergência.
“Graças ao nosso entendimento junto à secretária foi resolvido esse problema e agora com a volta da enfermeira Ivone as coisas voltam a sua normalidade”.
Afirmou Joveci ao destacar a importância do funcionamento do posto de saúde do Pacarana pela sua posição estratégica ao Noroeste do Município. Segundo o vereador a prioridade é manter esse atendimento não só ao Pacarana, mas também as outras comunidades no seu entorno, inclusive três comunidades indígenas que também recorrem ao Pacarana. “A nossa preocupação como vereador e representante político do distrito, é manter esse atendimento com qualidade e segurança para todos os moradores da nossa região”. Finalizou Joveci Bevenuto.


Fonte: Luizinho Carvalho/Assessoria Legislativa

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Boa Vista do Pacarana fica sem atendimento na saúde durante todo o mês de janeiro

A informação partiu da responsável pelo Posto de Saúde do local, Ivone Prochnow. A funcionária sairá de férias e não há ninguém para substituir.

O Repórter

 

O distrito de Boa Vista do Pacarana, que fica em torno de 85 km da sede Espigão do Oeste, vai passar a “virada de ano” e todo o mês de janeiro de 2017 sem atendimento no Posto de Saúde. A informação partiu da enfermeira responsável pelo Posto de Saúde Ivone Prochnow.
Atualmente, apenas a enfermeira atende no local e sairá de férias. Não haverá nenhum tipo de atendimento, afirmou Ivone Prochnow.
A historia da saúde no Boa Vista do Pacarana se resume a esta enfermeira. Ivone atende algumas pessoas em casa, isso ocorre após o encerramento ou antes de iniciar seu expediente e principalmente nos finais de semana. “Me coloco no lugar das pessoas. Não consigo ver alguém precisando e não atender. Tenho isto como meu dever”, disse em certa oportunidade.

A boa vontade da enfermeira tem ajudado muitas pessoas no distrito que esta longe de ter um atendimento indigno, pois, seu trabalho e de todos os demais funcionários, têm proporcionado por pouca que seja tal dignidade. É praticamente um sacerdócio.


Com as merecidas férias da enfermeira durante o mês de janeiro e já aproveitando a “virada de ano”, todos os distritenses ficarão sem atendimento no local, a não ser que o novo mandatário do município, Nilton Caetano (PP), em caráter de urgência envie algum responsável e quiçá e oxalá, com a mesma competência e comprometimento de Ivone.



 Estamos todos ansiosos aguardando uma resposta do poder público. Afinal, será muito complicado ficar a mercê da própria sorte, com estradas medianas, muitas chuvas e ainda, sem ambulância, pois o veiculo que atende o distrito ainda esta quebrado.

Valha-nos Senhor Jesus!

 
 Fonte: http://salimlocutor.wixsite.com

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Polícia Militar registra homicídio ocorrido no Distrito do Pacarana em Espigão do Oeste

unnamed-3
Na noite  desta quarta-feira 29/12,  por  volta  das 20:00hs  populares  que  passavam  pela linha  do Pacarana rumo  a Aldeia  Zoró, encontraram  um homem caído á beira  da  estrada próximo a  fazenda  do  Ex-prefeito  Regi,  ao se  aproximar notaram que  o mesmo já  estava  sem  vida com sinais  de tiro e  ao lado do corpo havia um cartucho de  espingarda. De  imediato seguiram até  o distrito onde  entraram  em contato  com a  Polícia Militar  após ouvirem  relatos  do homicídio os mesmos  acionaram a pericia  técnica em Cacoal e  seguiram  rumo ao  Distrito.
unnamed-2 Segundo populares o homem encontrado morto a cerca de dois quilometro do distrito do Pacarana não e muito  conhecido no local, a  vítima que  era chamado por  alguns  de Mergulhão  há poucos  dias apareceu no Distrito. Ninguém no local soube informar  se  o mesmo tem  algum parente nas  redondezas  ou até mesmo em Espigão  do Oeste. A  policia  está  a  procura  de  parentes pois até  o fechamento  desta matéria o caso  estava  sendo tratado  como homicídio de indigente. Maiores informações assim que  o boletim for  confeccionado.























Fonte: Romipora Puiblicidade
Fotos: enviada por  internauta  via Watts

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Morre Deputada Estadual Lúcia Tereza em Cacoal-RO

Depois de uma madrugada de luta pela sobrevivência, faleceu há poucos minutos a Deputada Estadual Lúcia Tereza, que se encontrava internada no Hospital Regional de Cacoal, onde foi submetida a uma cirurgia de emergência. 
 
Lúcia sentiu dores fortes no abdômen e seguiu para o hospital, onde foi detectado um aneurisma no baço. Segundo informações, cirurgias desse porte apontam 80% de chances de óbito, o estado de saúde da deputada era considerado gravíssimo, onde veio a falecer nesta manhã de 23/12/2016.
 
Familiares estão providenciando o local do velório, que possivelmente será no município de Espigão D'Oeste, onde morou por toda a sua vida e de lá construiu um grande histórico na sua carreira, como representante do povo.
 
Biografia política de Lúcia Tereza 
 
Em 1982 foi candidata a Prefeitura de Espigão do Oeste, concorreu com cinco candidatos e terminou eleita com a maioria absoluta dos votos, sendo a primeira mulher a ser eleita prefeita na Amazônia.
 
Em 1989 filia-se Partido Social Cristão (PSC).
 
De 1991 a 1994 foi Deputada Estadual eleita pelo PSC, em Rondônia, com 2 560 votos. Na época, foi a décima sétima mais votada na Assembléia Legislativa. Em 1994 foi Reeleita Deputada Estadual com 5 076 votos, sendo a oitava mais votada de Rondônia. Cumpriu seu mandato até 1998.
 
Em 1997 filia-se Partido da Frente Liberal (PFL).
 
Nas Eleições de 1998, Lúcia foi novamente candidata a Deputada Estadual. Recebeu 6 364 votos (a décima mais votada) mas acabou não sendo eleita, permanecendo como suplente. No Entanto, acabou assumindo a vaga em 1999, onde permaneceu por alguns meses. No ano seguinte candidatou-se novamente a Prefeitura de Espigão do Oeste pelo PTB, recebeu 4 862 votos (38,42% dos votos válidos) e foi eleita pela segunda vez prefeita do município. Em 2004 foi reeleita com 5 634 votos (38,02% dos votos válidos), superando outros dois candidatos.
 
Nas Eleições de 2010, após oito anos seguidos na Prefeitura de Espigão do Oeste, Lúcia Tereza candidatou-se novamente a Deputada Estadual pelo PP, recebeu 9 012 votos – vigésima primeira mais votada – mas acabou não sendo eleita. Em 2014, novamente disputou uma vaga na Assembleia Legislativa de Rondônia, recebeu 11 652 votos (1,42% dos votos válidos) e tornou-se pela quarta vez Deputada Estadual de Rondônia.
 
Lúcia Tereza também já foi candidata a Câmara Federal, não sendo eleita.
 

Fonte: JornalRondonia 

Sexta-Feira, 23 de Dezembro de 2016 às 07:18

 

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Pacarana: Finalmente o distrito ganha a sua ambulância nova traçada

Durante ato de confraternização entre os servidores da prefeitura na manha desta quinta feira (22), o prefeito Célio Renato fez o anuncio da chegada de mais dois veículos de resgate para o setor de saúde do município. Adquiridas com recursos próprios uma das ambulâncias que foi anunciada pelo prefeito Célio era aguardada com muita expectativa. 


Um dos veículos é a ambulância 4X4 destinada a atender a comunidade do distrito de Boa Vista do Pacarana e mais 10 comunidades adjacentes, inclusive três etnias indígenas situadas no entorno do distrito.

Célio Renato fez o anuncio da chegada de mais dois veículos de resgate para o setor de saúde do municípioAo fazer o anuncio do veiculo de resgate (Ambulância) para o distrito do Pacarana, o prefeito Célio Renato pediu desculpas aos moradores daquela região pela demora da chegada do veiculo.

Célio Renato citou a precariedade do veiculo que atendia a população do distrito e comunidades vizinhas. Segundo o refeito o antigo veiculo estava deteriorado pelo tempo e não atendia mais com segurança o deslocamento dos pacientes até a sede do município.

  “Eu peço desculpas aos moradores do Pacarana e região pelos transtornos passados durante esse tempo, pois a antiga ambulância vivia quebrada nas oficinas e não tinha mais condição de atender a sua finalidade”.

 Com a chegada do novo veiculo de resgate esperamos estar devolvendo um pouco de tranquilidade e segurança para os moradores daquela região, afirmou o prefeito Célio ao receber as chaves das mãos da secretária municipal de saúde Dra. Laura Guedes. A outra ambulância é um veiculo modelo Saveiro e vai ser utilizado para atender as demandas da cidade.

FONTE: Espigão News

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Moradores da Linha 38 reivindicam recuperação de ponte

    A passagem caiu deixando os moradores isolados no interior.



Esta manha os moradores da Lina 38 setor Pacarana estiveram na câmara municipal buscando o apoio dos vereadores para mobilizar a secretaria municipal de obras publicas (SEMOSP) para a recuperação da ponte que dá acesso a RO 387 (Estrada do Pacarana).
Os produtores rurais Edgar de Brito e o seu filho Ari de Brito buscaram o apoio do vereador Décio Lagares no sentido de providenciar a recuperação da passagem. Segundo os produtores a quebra de duas vigas da ponte, interrompeu a passagem de veículos, deixando os moradores praticamente isolados sem ter como retirar a sua produção (Leite, hortifrutigranjeiros entre outros).
A dificuldade enfrentada pelos moradores quanto à falta de passagem pelo local foi exposta pelos dois produtores da região que se dizem desanimada com a demora da recuperação. Ao falar da situação o produtor Edgar de Brito afirmou que a madeira para fazer o trabalho os moradores estão dispostos a disponibilizar.
“A madeira para fazer a ponte nova à gente tem lá na propriedade, é só ter a maquina para colocar ela no lugar”. Afirmou o produtor desanimado com o abandono da região por parte do poder público que a tempos não faz a recuperação daquele trecho de estrada.

FONTE/; Espigão News